sábado, 13 de março de 2010

RIO SEPARADO DO BRASIL

Como diz o ditado popular: "Urubú na guerra é galinha"
A Emenda 387, proposta pelos deputados Ibsen Pinheiro (PMDB-RS) e Humberto Souto (PPS-MG), que esvazia os cofres dos estados e municípios produtores de petróleo, que segue agora para análise do senado, foi um terremoto que prova um tsnumai político por dia no Rio de Janeiro. As demais cidades produtoras de outros estados estão terminando de assimilar o golpe, e pode até ser que hajam mobilizações populares por aí à fora. Tomara! Na terça-feira, o deputado EDUARDO CUNHA (PMDB) (informa a Ompetro) pretende entrar com um mandado de segurança no STF (Supremo Tribunal Federal) alegando erro regimental dos deputados que apresentaram a emenda. Eduardo Cunha vai mais longe: diz que dará entrada no Congresso em uma proposta de emenda constitucional (PEC) para separar o Rio de Janeiro do Brasil. Nessa guerra de retórica política, as ações servem de instrumento de pressão. "Só para mostrar que podemos ter propostas é tão esdrúxulas como foi esta emenda do Ibsen", afirma. Sugiro ao parlamentar que proponha uma PEC que designe pagamento de royalties pelos minérios de Minas, principalmente, para todo o resto do país. Já que é para tocar em bravatas- à luta. O deputado Humberto Souto deverá gostar.
-
09h33min.                               -                               adelsonpimenta@ig.com.br