sábado, 8 de maio de 2010

C.E. DEBATENDO A MÍDIA

PAUTA DO LEITOR
( Por e-mail )
------------------------------------
Centro de estudos é criado para discutir a democratização da mídia

Com o objetivo de discutir a democratização da comunicação no País, um grupo de jornalistas, pesquisadores e ativistas de movimentos sociais está criando o Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé. O nome é uma homenagem ao jornalista Apparício Torelly, reconhecido como um dos criadores da imprensa alternativa no Brasil.
“Temos como iniciativa discutir a forma como a mídia atua no País. A intenção é criar uma alternativa à mídia, não uma mídia alternativa. Revelar ao mundo que não existem apenas os monopólios midiáticos”, explica o jornalista da Carta Capital Leandro Fortes, que faz parte do conselho da nova entidade.

O professor Laurindo Leal Filho, também membro do conselho, considera a criação do centro de estudos como um “avanço para a discussão de uma mídia que dá voz a quem está marginalizado pela mídia existente”.
Além de jornalistas da mídia alternativa, o centro de estudos possui profissionais que atuam na grande imprensa, como a repórter especial do Valor Econômico Maria Inês Nassif.

"A criação desse centro é interessante por que é de fora das empresas (de comunicação). Mas gente como eu, que está inserida em um grande jornal, também está no conselho. Essa mistura ajuda", avalia.
O lançamento do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé será na próxima sexta-feira (14/05), no Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, às 21h, durante o seminário “A mídia e as eleições de 2010”.
Conheça a programação do seminário:

Dia 14/05, sexta-feira, às 18h30:
A cobertura jornalística da sucessão presidencial
- Maria Inês Nassif – Jornal Valor Econômico;
- Leandro Fortes – Revista CartaCapital;
- Paulo Henrique Amorim – Sítio Conversa Afiada;
- Altamiro Borges – Portal Vermelho;


Dia 14/05, sexta-feira, às 21h:
Coquetel de lançamento do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé.
Local: Auditório do Sindicato dos Engenheiros de São Paulo (Rua Genebra, 25)


Dia 15/05, sábado, às 9h:
Plataforma democrática para a comunicação.
- Marcos Dantas – professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro;
- Luiza Erundina – deputada federal do PSB-SP;
- Manuela D’Ávila – deputada federal do PCdoB-RS;
- Igor Felippe – assessoria de imprensa do MST;


Dia 15/05, às 14h:
Políticas públicas para democratização da comunicação.
- Ottoni Fernandes – secretário executivo da Secom;
- Regina Lima (Abepec) – presidente da Abepec;
- Jandira Feghali – ex-secretária de Cultura do Rio de Janeiro;
- José Soter (Abraço) – coordenador nacional da Abraço.

As inscrições estão abertas até o dia 12/05, custam R$ 20, pelo telefone 11-3054-1829 ou e-mail britarare@gmail.com.